Archive for Julho 2012

Clube da luta


.




 A culpa foi minha. As vezes você faz as coisas e acaba se ferrando. Outras, são as coisas que não faz que acabam ferrando você. 




Primeira regra do Clube da Luta: Não se fala sobre o Clube da Luta.

Segunda regra do Clube da Luta: Não se fala sobre o Clube da Luta.

Logo essa resenha nem deveria estar sendo feita, mas o Clube da Luta nunca teria crescido se essa regra não tivesse sido ignorada um bom par de vezes.
Então vamos lá, a história começa com o fim. Com o protagonista sem nome discutindo com Tyler Durden enquanto esse tem uma arma apontada para a boca dele.

"Tyler e eu na beira do telhado, o revólver na minha boca, fico pensando se esse revólver está limpo."

E a história é como ele foi parar lá. A história do protagonista e de Tyler Durden. Um dia, após perder seu apartamento, o protagonista se reúne a Tyler para chorar as mágoas e em um momento Tyler pede um soco. E aí está fundado o Clube da Luta, um lugar onde você pode viver as margens da sociedade. Um lugar onde você pode se livrar das algemas que a sociedade te dá. Você não é o seu carro, você não é seu apartamento, você não é o seu facebook. Você não está aqui por um motivo.
"Você compra móveis. E pensa, este é o último sofá que vou comprar na vida. Compra o sofá, e por um par de anos fica satisfeito porque, aconteça o que acontecer, ao menos tem o seu sofá. Depois precisa de um bom aparelho de jantar. Depois de uma cama perfeita. De cortinas. E de tapetes.Então cai prisioneiro de seu adorável ninho, e as coisas que antes lhe pertenciam passam a possuir você."




 É uma história sobre viver de verdade, contada do jeito mais original possível.No livro voce segue bem melhor os delírios do protagonista, seus pensamentos muitas vezes confusos, sua insônia. Você consegue entender seus desesperos e sua falta de ações.


" Você tem uma classe de mulheres e  homens jovens e fortes que estão dispostos a dar a vida por alguma coisa. A publicidade persegue essa gente com carros e roupas desnecessários. As gerações vêm trabalhando em empregos que odeiam, comprando o que não têm a menor necessidade.— Nossa geração não viveu uma grande guerra ou uma grande depressão, mas nós sim, nós vivemos uma grande guerra espiritual. Uma grande revolução contra a cultura. A grande depressão é a nossa vida. Nossa depressão é espiritual.— Temos de mostrar a esses homens e a essas mulheres o que é a liberdade escravizando-os, mostrar o que é a coragem amedrontando-os."    

As diferenças entre livro e filme não são tão gritantes, mas elas mudam a reflexão sobre a história. Especialmente o final que é consideravelmente diferente. 

"O incrível milagre da morte: num instante você está andando e conversando, no outro não passa de um objeto."



Clube da Luta é um livro para ser lido e pensado e não apenas lido. Porque se apenas lido você pode encará-lo como um simples apelo a violência quando é muito mais do que isso. É muito mais do que brigas em um porão.





Se você já viu o filme, leia o livro.
Se você já leu o livro, veja o filme.
Se você já fez os dois, repita uma das duas opções.
Se você não fez nenhum dos dois, leia o livro. Queria ter feito isso.



                     

Almofadas literárias


.


Almofada do Rob Stark, demorei a reconhecer
Essa semana foi aniversário da minha mãe e meu pai concertou a maquina de costura dela me dando idéias para fazer almofadas, detalhe que eu nunca costurei nada e provavelmente irei quebrar a maquina, mas deixo aqui as idéias de almofadas literárias. :)

Eu precisava de uma dessas...

Perfeição *-*


Conheci a r-bittencourt  numa dessas andanças pela net e desde então tenho estado de olho nas almofadas delas. Como são personalizadas, se você quiser alguma que não existe é só pedir e o preço é bem camarada (não ganho nada para propaganda, eu juro, só achei um bom trabalho).
Segue algumas que eu gostei, meu aniversário é em abril, ok?

Fred e Jorge

Trio dourado

Thor

Mas, gamada mesmo eu sou nessas daqui:


Coleção Senhor dos Anéis
Principalmente se o Legolas vier com as adagas. Mas, tem almofadas do jeito que você quiser.

Jack Sparrow

Darth Vader

Ikki Fênix
   
Alice

Os preços variam, mas achei bastante justo. E mais legal ainda é poder encomendar aquela do seu personagem que ama para poder dormir junto. *-*



Tocaia Grande


.

Do Skoob: 
"Tocaia Grande era uma terra de ninguém, sua face obscura é o imenso painel de misérias humanas, barro e sangue, pólvoras e facão, o tradicional embate de coronéis e jagunços, traições e fidelidades, e mais um turco e uma artista russa, dois frades que tentam salvar a alma daqueles infiéis - tudo narrado com a suculenta prosa de um dos maiores narradores da literatura universal." (Carlos Heitor Cony - colunista da Folha de São Paulo)
Tocaia Grande - A face obscura - Jorge Amado







Jorge Amado nos conduz através da história da origem de Irisópolis. Na verdade , das histórias. Ao longo de 500 e pouquíssimas páginas ele detalha personagens, te mostra a vida num pequeno pouso. Vida pobre, com desgraças, pequenas felicidades, vida parada. Antes de ser a cidade Irisópolis foi Tocaia Grande.
A história começa com uma curta Tocaia extremamente bem sucedida que o jagunço Natário comanda. O lugar escolhido para o ataque parecia um jardim do Éden de tão lindo. O chefe de Natário, o coronel Boa Ventura lhe dá um pedaço de terra para plantar por lá, construir casa e dá a ele também o título de Capitão. E é nesse pouso, no meio de duas cidades que Tocaia Grande se instala. Nem no meio, tá mais para perto de um atalho.
Não faltam personagens no livro, você chega a se confundir porque o autor nem sempre explica de onde surgiram, ao mesmo tempo que isso é um aspecto negativo, se parece mais com um diálogo entre duas pessoas que vivem na mesma cidade.


De início, apenas um local de passagem, um pouso dos tropeiros. Uma pequena "lojinha" comandada pelo árabe Fadul e casebres de putas. Dessas últimas então nos tornamos compadres, sabemos seus pensamentos e medos.
Mas, como haveria de ser o local vai crescendo e aí que reina a maior parte da história.
Me disseram 2 coisas sobre esse livro. Primeiro que era erótico demais, não concordo. Não é uma história de erotismo, se comentam bastante sobre sexo era porque sim, Tocaia Grande era pouso de rapariga. Mas, com uma naturalidade que eu nem chego a descrever como erotismo. Segundo: que o final que era o grande x da questão. Não estavam errados e não pretendo entregar nada por aqui. Mas de fato, não desista do livro. E não ligue para adaptações.


O negro ferreiro Tição, se deitava com francesa e com serva mas fugiu para conquistar seu próprio lugar. Fadul, árabe sempre disposto aos negócios e conversas. Com um coração enorme. Bernarda, menina moça, "estuprada" pel pai, resolve ser rapariga, afilhada e apaixonada por Natário. Coroca, mulher da vida, já velha (velha mesmo, porque eles falam como se ela fosse apenas maior de idade até a hora que revelam a idade dela), forte, destemida, disposta a tudo. Natário, pontaria maravilhosa, fiel, excelente amante, péssimo inimigo para se ter... Nomes desconhecidos agora que vão te acompanhar durante a narrativa. Impossível não gostar de nenhum. Não dá para ser indiferente.Você vai torcer por eles, desejar sucesso e sorte e se frustrar com as dificuldades que surgem no caminho.

Foi o primeiro livro de Jorge Amado que eu li e em breve Capitães de Areia aparecerá por aqui. A  narrativa prende. Você vai acompanhando a vida das pessoas, a cidade crescendo, começa a se apaixonar pelos personagens e o afeto por eles vai crescendo, você acompanha casamentos, amigações, filhos, doenças, penúria... Você é expectador de tudo aquilo. Jorge Amado só está lhe contando a história. Como ele chega a dizer em certas partes: "Ah, não houve tempo de contar isso e teria sido interessante, mas foi-se o tempo." Ele vai se tornando intimo do leitor no decorrer da narrativa, como nós leitores, nos tornamos íntimos dos personagens.



Escrever sobre Tocaia Grande, menos de meia hora após ter acabado de ler o livro irá me conduzir a uma resenha tremendamente imparcial. Mas, recomendo a todos a leitura e muito. É fantástico. E certamente figura entre os meus favoritos, na mesma categoria que Cem Anos de Solidão. Não sei dizer qual é melhor.


Post Scriptum importante pra caramba:A minha edição de Tocaia Grande é essa da imagem. A edição é bem bonita, alias. Mas, quem for procurar  o livro, folheie.  O meu tem um "pequeno enorme" defeito. Logo após a página 440, o livro volta a página 33. E repete da 33 a 66 para então voltar a 470. Eu peguei as páginas que faltavam para mim num ebook mesmo, mas aconselho sempre a dar uma olhada atenta. Se a Leya errou com o último Crônicas do Gelo e Fogo, tudo bem isso acontecer em 1988 e .... acabei de descobrir que eu tenho em mãos a primeira edição de Tocaia Grande. o.O






Paper Passion


.

Andei um pouco sumidinha, tentando acabar de ler Tocaia Grande (meu Deus, ô livro com muitos personagens). Mas, eu vi essa notícia, mesmo que a Aceita um leite? já tenha publicado, eu fiquei tão empolgada, mas tanto...

Paper Passion



Qual de nós não é completamente apaixonada pelo cheiro de livros novos? Sério, poucos cheiros são tão bons.
A editora alemã Steidl Gerhard concorda conosco e quis reproduzi-lo. Para isso chamaram Karl Lagerfeld, diretor criativo da Maison Chanel para elaborar a embalagem e dar nome ao perfume. A essência, em teoria feita com cinco fragrâncias (Por que não fizeram isso antes?!) ficou por conta da perfumista Geza Schoen.


O perfume já pode ser encontrado não só em perfumarias como em livrarias especializadas. Acho que ainda não chegou ao Brasil, mas....

O preço anunciado é e 98 dólares/ 68 libras esterlinas/ 85 euros.
O shipping oficial da Steidl é de 58 dólares para o Brasil (que dó).



Agora a Amazon, amor da minha vida, está vendendo o perfume por 68 dólares. E... o shipping mais barato para o Brasil custa 10 dólares, demorando  entre 18-32 dias para chegar. Para quem tá acostumado a comprar da China, isso já é normal. Mas, existe outras duas opções de envio. Uma por 20 dólares (8 a 16 dias úteis) e uma de 37 dólares (2 a 6 dias). Bem mais legal do que os 58 dólares, não? :)

Resenha: Taken


.

Eu tenho estado presa a Tocaia Grande no momento, acho que até o meio da semana que vem apareço com uma resenha, mas estou sempre adiando a leitura, mas não se enganem, até agora o livro está maravilhoso.


Então nesse meio tempo: filmes. 

Taken - Busca Implacável.



História

Agente aposentado do serviço secreto Bryam faz de tudo para se aproximar de sua filha Kim. Até deixa-la ir para Paris com sua amiga. E é nessa situação que ele escuta pelo celular, o momento do sequestro de sua filha na França por uma quadrilha especializada no tráfico e prostituição de mulheres. Ele ainda consegue falar com um dos sequestradores:
Eu não seu quem você é. Eu não sei o que voce quer. Se você estiver procurando por resgate, eu posso te dizer que não tenho dinheiro. Mas, o que eu tenho é um conjunto de habilidades muito especificas. Habilidades que eu adquiri a longo de uma carreira muito longa. Habilidades que me fazem ser um pesadelo para pessoas que nem você. Se você deixar minha filha ir agora, esse vai ser o fim.Eu não irei procurar por você. Eu não irei te perseguir. Mas, senão, eu vou te procurar, te achar e te matar.
E a voz sussurada do outro lado responde:
Boa sorte.
A partir desse momento está lançada a busca dele.


Vendo assim Busca Implacável é até um bom nome.

Primeiro: Liam Neeson. Deixando claro aqui que o homem está fantástico como quase sempre.
Segundo: É um filme de ação previsível, não espere um final além do óbvio. Mas, espere uma ação bem feita.

E acho que é nesse segundo ponto que deveríamos nos concentrar. As cenas de ações são maravilhosas,  jeito do personagem do Liam Neeson, a voz dele.  Você sente a angústia dele. Você vibra com ele, você espera as próximas ações, você entende totalmente a falta de limites dele. Ah, e você fica boquiaberta com as corridas, principalmente pelos carros não serem novinhos.
Os diálogos também são um show a parte. Principalmente quando ele está lá, nos Estados Unidos, sabendo do risco que sua filha corre, mas sem poder fazer nada e a menina desesperada. 

Deixo vocês com  trailer do que é na minha opinião o melhor filme de ação dos últimos anos.

Eu não sou a maior fã de ação então já pensei que não ia ser um filme tão bom mesmo tendo  Liam Neeson. E me surpreendi.

Edições pelo mundo 1: Nome do Vento


.

Quem me conhece sabe que eu sou totalmente apaixonada pelo Patrick Rothfuss e sua série e aguardo ansiosamente o terceiro volume. Esses dias eu me deparei com a capa turca do livro e daí que surgiu essa seção, Capas dos livros mundo afora.

Preciso de uma dessa também.


Capa Americana

Capa britânica
Capa japonesa
Capa portuguesa
Capa italiana
Capa alemã








Capa em eslovaco



Capa holandesa
A grega é igual

Capa finlandesa














Capa polonesa

























 Admito, gosto muito da holandesa. E da alemã. Mas, amei a capa brasileira. Essa daqui de baixo:



Versão Brasileira Herbert Richers









Classicos: Julio Verne


.

Eu leio muito livro "antigo".Muito mais do que leio lançamentos.
Hoje vim falar de um autor que eu adoro de paixão mesmo. Julio Verne, do francês Jules Verne.


Jules, francês, nascido em 1828. A data de nascimento dele é algo bem importante a se pensar enquanto você lê seus livros. Ele viveu numa época em que boa parte do que ele escreveu nao era possível de acontecer, não havia tecnologia para tal. E se tem algo que marca bastante a narrativa do mesmo é como seus livros tem tantos dados geográficos, marcações, descrições de terreno...Chega a ser difícil marcar a barreira entre realidade e ficçao. E o que é mais intrigante, ele não havia nunca estado em um balão e nem ido a Afríca, mas era capaz de descrever ambos minuciosamente.  Curiosamente também, em seus últimos livros podemos ver uma preocupação ambiental e com  o uso errado e exagerado de tecnologias. Verne deixou o mundo em 1905, aos 77 anos.




Essa vai ser uma série de posts, totalizando 6, mas o primeiro vai para o classíco:



Viagem ao Centro da Terra.

Acho a narrativa desse livro tremendamente empolgante. Axel, sobrinho do geólogo Otto Lidenbrock embarca com o tio com o objetivo de chegar ao centro da terra seguindo um antigo manuscrito escrito em código de um alquimista islandês que diz ter já ter ido até o centro da terra.
Os dois vão a Islândia buscando penetrar no interior da crosta terrestre para chegar ao centro da terra a partir da cratera de um vulcão. Junto a eles, temos Hans, o guia deles na Islândia que acaba embarcando junto.
No decorrer da viagem eles passam por coisas realmente inimagináveis e Verne com suas pesquisas realmente dá a entender o quanto tudo aquilo é real. Suas explicações, os detalhamentos... Não conto as aventuras deles direito, porque qualquer detalhe a mais seria spoiler.
Vale muito a pena ler, o livro te envolve de uma maneira impressionante.

Faça Você Mesmo


.

Com duas gatas operadas e com uma delas decidida a arrancar os pontos, me sobrou bem pouco tempo.
Entao hoje aqui vou deixar somente 2 projetos que eu planejo fazer muito em breve.


1- Prateleiras Invisíveis

 Olha, esse é perfeito para quem ama livros. Sim, eu sei que você tem de desperdiçar um, mas é só buscar num sebo um livro sobre pneumonia gigantesco  de 1954 que ia ser jogado fora. No meu caso comprei um de algebra linear. Eu não fiz ainda por estar com dificuldade em encontrar essas cantoneiras simples! Só estou conseguindo aquelas que passa um metal no meio.
Peguei como fazer aqui, mas tem em um bando de lugares.
Sinceramente, eu queria um com esse negócinho aqui, mas eu nunca vi vender....
Mas, se eu nao encontrar a cantoneira certa até amanha, eu vou comprar outra e vou serrar o meio.

2- Parede para escrever e desenhar o quanto quiser.


Não tenho certeza ainda se vou querer de giz ou aquela de quadro banco, mas acho giz mais estiloso (faz mais sujeira, eu sei). Mas quando a Thalita do Casa de Colorir fez, eu fiquei babando loucamente. Mas no blog Kasa da Gente também tem uma idéia muito interessante, mas para quadro branco. Que dá menos trabalho e fica pronto mais rápido.
Recadinhos? Eu tô mais pensando em ter citações espalhadas pela casa. Mas, como não cansam de me lembrar, a gente vai pintar a casa ainda então não é boa idéia.

Kasa da Gente

Extra

Ah, e se alguem do RJ quiser me doar duas camas de solteiro, eu quero MUITO, MUITO mesmo fazer isso aqui:

 Eu vi aqui e estou completamente apaixonada por isso.

Resenha: Trilogia Man with no name ou Dollars Trillogy


.

Não sou a maior fã de faroeste, digo desde já. Mas, a trilogia desse personagem, interpretado por Clint Eastwood merece destaque. Os três filmes não tem uma ligação histórica. A única coisa que os liga é o personagem sem nome. Com excelentes notas no IMDB, roteiros envolventes, direção do Sergio Leoni, atuações maravilhosas, algumas risadas e um Clint Eastwood tremendamente sexy, eu recomendo os três filmes mas...o terceiro é o melhor de todos.

Segundo a Wikipédia o gênero na realidade é: epic spaghetti western. Muito melhor do que um simples faroeste não?

1. Por um punhado de dólares (A Fistful of dollars) 1964



Um pistoleiro desconhecido chega em uma cidade mexicana, próximo a fronteira dos Estados Unidos. A cidade se encontra dividida entre duas famílias os Baxters, contrabandistas de armas e os Rojos, contrabandistas de bebidas. Nosso homem sem nome resolve se aproveitar dessa rivalidade para lucrar e de quebra ajudar uma moça que é forçada a ser amante do líder dos Rojos. O jeito como ele manipula as duas gangues chega a ser cômico de tão inteligente.


2. Por uns dólares a mais (For a few dolllars more) 1965

                                        

Nesse filme, o pistoleiro sem nome é um caçador de recompensas e está atrás do famoso bandido El Indio (Nunca ouviu falar?! Em que mundo você vive?)  que também está sendo perseguido pelo Coronel Douglas Mortimer, outro caçador de recompensas. Sem conseguir capturar o índio e muito menos escapar um do outro, eles decidem que o melhor mesmo é se unir ao grupo do índio.




Algo a dizer sobre os filmes, eles vão evoluindo. Assistir na ordem é bom por isso. Tantos os atores, como a trilha sonora e as cenas cada vez mais épicas vão melhorando, consagrando nesse excelente terceiro filme. Excelente mesmo. Que é...

3. O bom, o mal e o feio (The Good, the Bad and the Ugly) - 1966




Quase consigo ouvir a música ao falar desse filme. Na realidade o título em português ficou Três homens em conflito, mas ele tira boa parte da graça do filme. Vou fazer o menor resumo possível porque para mim é muito difícil contar a história e não colocar muitos spoilers. O filme é sobre três pistoleiros em busca de uma fortuna  em ouro que ficou escondida com o caos da Guerra Civil Americana. O engraçado é que Tuco (The Ugly) sabe o local onde o tesouro se localiza, Blondie (The Good) sabe como reconhece-lo, mas não sabe onde ele está e Angel Eyes (The Bad) não sabe nada, apenas segue os outros dois para matá-los e pegar o tesouro.


Ah, não posso deixar de colocar aqui essa cena maravilhosa também.


Como são filmes muito bons, mas que infelizmente vem sido esquecidos, me senti na obrigação de fazer essa mini resenha.

Resenha: Hetalia Axis Powers


.

E cá estou eu em casa correndo atrás de duas gatas recém castradas que são incapazes de ficarem quietas, então além de ter lido um milhão de posts sobre decoração e estar com a cabeça fervilhando de idéias, mas sem muita vontade de executá-las ($.$).
Então aproveitei para reler algumas coisas e Hetalia era o que estava mais perto.



Humor pastelão sarcástico com piadas de história. Isso define Hetalia. A história é a que a gente aprende nos colégios, focando no período entre primeira e segunda guerra mundial. Cada país é um personagem e obviamente cada personagem carrega seus esteriótipos básicos. Temos o Alemanha, todo sério, viciado em batatas e salsichas, tendo que lidar com um Itália nervoso na segunda guerra, que fica mudando de lado e  querendo comer pasta o tempo todo, sonhando em se tornar um dia tão grande quanto seu avô Roma. Temos um Estados Unidos, melhor conhecido como América, viciado em hambúrguer, guerras e tentando se afastar do Inglaterra. Para se ter noção da falta de seriedade do conteúdo Hetalia vem de "hetare" (inútil) + "Italy".

Os personagens principais.
Hetalia é um anime, de episódios de 5 minutos. Perfeito para dar umas boas risadas quando se tem pouco tempo. Com tantos esteriótipos, versões alternativas de ver a história e com tantos personagens que pelo menos de um você tem que gostar e com episódios tão curtos, Hetalia conquista de verdade. Nem que seja para aquelas horas de tédio. Alias, segue abaixo um episódio, infelizmente com legendas em inglês.


É também um mangá bem curto, mais com tiras do que qualquer outra coisa que a NewPop lançou por aqui. É possível encontrá-lo online em inglês na net, como no amado MangaFox. E a NewPop disponibilizou algumas páginas se vocês quiserem dar uma olhada: aqui ó.
.
Os episódios você encontra todos no Anime Dokidoki online com legendas em português.




Esse é o França. Admito que gosto demais dele. Ele é paquerador, romântico, fica tomando vinho o tempo todo, aparece nu de tempos em tempos e simplesmente quer ficar com qualquer um da série, principalmente se trouxer benefícios a ele, o que gera cenas maravilhosas, como quando ele tentou se aliar/ casar com o Inglaterra para se safar.
Mas, não coloco ele como favorito, porque o Alemanha e o Inglaterra são maravilhosos também. Nem o anime e nem o mangá são yaoi (com relacionamentos entre homens), mas qualquer fã vai ter um casal favorito e como quase não tem mulheres nisso aqui....

                            


Dica: Sites para leitores compulsivos


.


Se você de fato é um leitor compulsivo, você já conhece esses sites. Mas,vai que tem um ou outro que você não conhece...

Redes Sociais

1. Skoob

A rede social dos livros. Eu já tenho meu perfil há um bom tempo, o site nem era assim. Mas, é muito interessante, vale a pena explorar. Você tem grupos, notas dos usuários, resenhas, sua estante, grau de compatibilidade, trocas... Muito divertido, me procurem por lá. ;)
Obs: SKOOB = BOOKS, demorei 3 séculos para notar isso.

2. O Livreiro

Segue um esquema bem parecido com o Skoob. Ele é mais voltado para rede social, coisa que o Skoob antes da reforma geral nem ligava muito, então ele mostra compatibilidade entre pessoas. O Skoob também, mas quem começou com isso foi O Livreiro.




Hora das Compras

Sites Nacionais Obrigatórios:

Livros Novos


Vai me dizer que nunca comprou livro no Submarino? Não sabe o que tá perdendo, MESMO. O site as vezes tem uns preços inacreditáveis.




A Travessa tem 20% de desconto na primeira compra e as vezes tem preços melhores que o Submarino. Melhor mesmo só indo lá, a do centro do Rio é linda.

Nem ligo que a foto seja da livraria da Barra.




Mas, melhor mesmo é...


SEMPRE olhem lá, fiquem de olho na avaliação da loja, por favor.

Livros Usados

Imagem meramente ilustrativa


Estante Virtual

Esse na verdade é uma junção de sebos. É só procurar lá, as vezes tem fotos dos livros, estado de conservação, bastante bem feito.

Sebos Online

Igual ao Estante Virtual, não tem como dizer qual é melhor, depende muito do que você quer.



Sites estrangeiros:

Livros NÃO sofrem taxação. Nunca. Existem muitos, muitos sites, muitos vendedores no eBay, mas eu quero me focar nos 3 que eu conheço.


Amazon

Que deve vir para cá no final do ano, mas não com esses preços com toda a certeza. Vantagens e desvantagens da Amazon. A entrega é rápida e cara. Tem código de rastreio normalmente e você vai ganhar todas as informações possíveis e impossíveis sobre o seu produto. Mas, tem um preço pago por isso.

Book Depository

Nem tudo tem frete grátis. Mas, quase tudo. :)  Tem até moleskines vendendo do Pequeno Príncipe. Livros em francês, em bulgaro... Tem de tudo.  Lembrando: frete gratís, sem rastreio. O tempo de entrega costuma ser em torno de 12 dias uteis, um pouco mais , um pouco menos.


Better World Books

Livros usados. E frete grátis. Não comprem livros que não estejam em condição de bom para cima, para não se arriscar. É bem interessante e você pode se sentir fazendo o bem. :) Normalmente demora um mês e pouco para chegar. Também não tem opção de rastreio.


Então é,  se você tem pressa + odeia não ter código de rastreamento: Amazon.
Senão, senta, espera e seja feliz pagando menos.


Me recomendaram, mas eu ainda não comprei essa comunidade também:
AbeBooks. Ainda não comprei nada para poder opinar.



Se tiverem mais alguma dica, deixem nos comentários!
Ah, não deixem de andar pela sua cidade vendo os sebos, eles sempre são a melhor opção.
Para quem mora no Rio, a Berinjela ainda é meu sebo favorito, ali na Av. Rio Branco.